Percursos BTT

Via da Prata

Conheça os lugares imprescindíveis deste caminho histórico.

  1. Extremadura BTT
  2. Rotas BTT
  3. Vía de la Plata

Percursos BTT

Via da Prata

Conheça os lugares imprescindíveis deste caminho histórico.

A Via da Prata, que vai de Sevilha a Gijón, foi uma das principais calçadas de comunicação na Hispânia durante o Império Romano, percorrendo a península de sul a norte.

Foi uma rota usada ao longo dos séculos, tanto por árabes como cristãos durante a Idade Média, e que continuou depois a desempenhar um importante papel na rede de acessos da Península Ibérica.

O troço extremenho desta Via, de sul a norte, começa em Monesterio, passa por Mérida, Cáceres, Plasencia e termina em Baños de Montemayor.

É uma rota cheia de história, cultura e excelente gastronomia, que os amantes da bicicleta de montanha podem percorrer, descobrindo e ficando a conhecer assim os lugares imprescindíveis deste histórico caminho.

 

ETAPA 1: Monesterio – Zafra

Montados, azinheiras e grandes campos de cultivo são a paisagem predominante nesta primeira etapa, que segue ao longo dos 64 km de trajeto da Via da Prata.

O percurso parte de Monesterio e deixando atrás Fuente de Cantos, Calzadilla de los Barros e Puebla de Sancho Pérez, chegamos finalmente a Zafra, onde termina a etapa.

Visitar vários centros históricos, como o de Zafra, descobrir o berço do conhecido pintor Francisco de Zurbarán, ou saborear o melhor presunto da D.O. “Dehesa de Extremadura” são alguns dos encantos que os ciclistas podem desfrutar nesta jornada.

Download


ETAPA 2: Zafra Mérida

A etapa começa na nobre localidade de Zafra, continuando o nosso caminho pelo itinerário da Via, na zona de Los Santos de Maimona, cuja ciclovia nos leva até Villafranca de los Barros, onde podemos saborear um bom vinho D.O. “Ribera del Guadiana”.

Continuamos o nosso trajeto até chegarmos a Mérida, declarada Património da Humanidade pela Unesco e onde encontramos um maravilhoso conjunto histórico.

É um trajeto de 64 km que nos permite descobrir a famosa comarca vitivinícola de Tierra de Barros.

Download


ETAPA 3: Mérida – Cáceres

O trajeto de 72 km arranca na capital da região autónoma da Extremadura, em direção a Cáceres. Pode, no entanto, fazer uma paragem para apreciar o ambiente natural que lhe oferece o Parque Natural de Cornalvo.

Continuamos o nosso caminho cujo destino é Cáceres, enfrentando uma série de subidas e descidas que nos permitem disfrutar da beleza da paisagem que nos deixa a serra de San Pedro.

A etapa vai terminar na cidade de Cáceres, onde vale a pena visitar o vasto conjunto monumental, bem conservado e declarado Património da Humanidade pela Unesco, que certamente o vai impressionar.

Download


ETAPA 4: Cáceres – Carcaboso

Um trajeto de 81 km de desníveis, que parte da monumental cidade de Cáceres em direção ao extremo norte da região. O caminho melhora consideravelmente no último troço, na zona de Galisteo, um município amuralhado com um castelo que tem uma esplêndida vista panorâmica do Vale do Alagón.

Nesta etapa pode ainda fazer uma paragem no caminho e entrar nas ruas da cidade medieval de Plasencia, retomando depois a Via da Prata e terminando em Carcaboso.

Download


ETAPA 5: CarcabosoBéjar

É uma etapa de 62 km, considerada como uma das mais difíceis deste trajeto em bicicleta de montanha por um dos itinerários históricos mais importantes. Um caminho de subidas que termina na província de Salamanca e que em algumas zonas segue a trajetória original da Via romana, que podemos ainda contemplar com uma paragem para visitar a antiga cidade romana de Cáparra.

Descargas